O ESCROTO RENUNCIOU! Após confusão, Renan retira candidatura à presidência do Senado

Compartilhe nas suas redes sociais!

Senadores se reúnem para eleger o novo presidente da Casa e os integrantes da Mesa Diretora.

O ministro Dias Toffoli, do STF, determinou na madrugada que a eleição seja feita por meio de votação secreta, a pedido do Solidariedade e MDB.
Decisão foi adiada depois de muito tumulto e bate-boca entre os senadores na sexta-feira (1º).

Disputam o cargo: Ângelo Coronel (PSD-BA), Davi Alcolumbre (DEM-AP), Fernando Collor (Pros-AL), Esperidião Amin (PP-SC) e Reguffe (sem partido-DF). Alvaro Dias (Podemos-PR), Major Olímpio (PSL-SP) e Renan Calheiros (MDB-AL) retiraram-se da disputa.

Na contagem de votos, foi detectada uma cédula a mais na urna. Senadores realizam nova eleição e Renan Calheiros retira sua candidatura.


NOSSO GRUPO NO WHATSAPP! Entre aqui!

Participe dos debates nos grupos!

Compartilhe nas suas redes sociais!