Manuela, a mula, destila sua desonestidade e desumanidade contra Bolsonaro (veja o vídeo)

Compartilhe essa notícia!

Em deplorável transmissão nas redes sociais candidata à vice do poste Fernando Haddad, Manuela d’Ávila, fez questão de destilar sua desonestidade – ou completa ignorância – contra o candidato do PSL, Jair Bolsonaro.

Manuela acusa Bolsonaro de estar fugindo do debate promovido pela Rede Globo a fim de “fazer campanha” paralelamente na Rede Record no mesmo horário. Não passa pela cabeça vermelha de Manuela – ou convenientemente omite – o fato de que Jair está impedido por orientação médica de falar por mais de 10 minutos em sequência, o que poderia causar crises de tosse e que o candidato ainda faz uso de bolsa de colostomia para a coleta de fezes. Seu intestino ainda está “desligado”, aguardando a completa cicatrização.


O cansaço de Bolsonaro é visível após alguns minutos de entrevista, mesmo após as pausas rigorosamente controladas pelo enfermeiro encarregado. Nada que impeça a comunista de ignorar as duas cirurgias críticas de grande porte a que Bolsonaro foi submetido após tentativa de homicídio perpetrada por um lunático ideologicamente alinhado à “esquerda tolerante, democrática e popular”.

Não bastasse, Manuela ainda faz questão de deixar sua desumanidade explicita. Completamente à margem do sofrimento de um ser humano – apesar de encher a boca pra se dizer uma defensora dos direitos humanos -, d’Ávila não hesita em esvaziar a humanidade de Bolsonaro, fazendo questão de referir-se a ele como “o coiso”.

Pegue um copo d’água, prepare o Plasil e confira o vídeo:

Compartilhe essa notícia!