CÉREBRO DA ECONOMIA E PETROBRAS DE VOLTA AO RUMO: Paulo Guedes indica Roberto Castello Branco para presidir Petrobras

Compartilhe essa notícia!

O economista Roberto Castello Branco foi indicado pelo futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, para presidir a Petrobras no governo de Jair Bolsonaro (PSL). Segundo a assessoria de imprensa de Guedes, o convite foi aceito.

Castello Branco já participou do Conselho de Administração da estatal entre 2015 e 2016, durante o governo de Dilma Rousseff (PT), quando foi presidente do comitê financeiro e membro do comitê de auditoria.

Ex-diretor do Banco Central e da Vale, Castello Branco integrou na campanha do então presidenciável um grupo de economistas para formular propostas na área. Atualmente, ele é diretor da Fundação Getulio Vargas.

Era desejo do futuro governo que o atual presidente da petroleira estatal, Ivan Monteiro, permaneça na administração. Há conversas para que ele assuma o comando do Banco do Brasil. Caso essa negociação se confirme, o comando da Caixa poderia ficar nas mãos dos economistas de Rubem Novaes ou de Pedro Guimarães.

Castello Branco é visto como homem de confiança de Guedes e seu nome já vinha sendo cogitado para o posto. Mas, como o trabalho de Monteiro à frente da Petrobras era bem avaliado pelo futuro ministro da Economia, havia disposição para que ele permanecesse no comando da petroleira.


NOSSO GRUPO NO WHATSAPP! Entre aqui!

Participe dos debates nos grupos!

Compartilhe essa notícia!