Bolsonaro chega a Brasília para semana de reuniões com equipe de transição e autoridades

Compartilhe essa notícia!

Presidente eleito se encontrará, por exemplo, com procuradora-geral Raquel Dodge e com Raimundo Carreiro, presidente do TCU. Expectativa é que mais ministros sejam anunciados.

O presidente eleito Jair Bolsonaro desembarcou na Base Aérea de Brasília por volta das 8h30 desta terça-feira (19) para se reunir com a equipe de transição de governo e com autoridades.
Pela agenda prevista, o presidente eleito se encontrará ainda nesta terça com a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, e com o ministro Raimundo Carreiro, presidente do Tribunal de Contas da União (TCU).

O presidente eleito saiu de casa, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, por volta das 5h30, rumo à Base Aérea do Galeão, na Ilha do Governador. O trajeto foi acompanhado por um comboio formado por 6 carros da PF e uma van.

Bolsonaro e equipe deixaram o Rio de Janeiro rumo a Brasília pouco depois das 7h. O futuro ministro da Economia e integrante da equipe de transição do governo, Paulo Guedes, embarcou com o presidente eleito.

Esta é a terceira viagem de Bolsonaro a Brasília desde a vitória nas urnas, em 28 de outubro. Nas viagens à capital, já se reuniu, por exemplo, com o presidente Michel Temer, com o ministro Dias Toffoli, presidente do Supremo Tribunal Federal, e com os comandantes das Forças Armadas.
Nas oturas passagens por Brasília, Bolsonaro aproveitou para anunciar ministros do futuro governo e medidas que adotará a partir de 2019.

A expectativa é que a futura primeira-dama, Michelle Bolsonaro, viaje a Brasília nesta quarta (21) e se reúna com a primeira-dama Marcela Temer.

Agenda
Saiba abaixo a agenda prevista para esta terça-feira:
8h30: Reunião com o ministro da Transparência (CGU), Wagner Rosário;
10h: Reunião com o ministro da transição, Onyx Lorenzoni;
14h: Audiência com a associação das Santas Casas do Brasil;
15h30: Visita de cortesia ao ministro Raimundo Carreiro, presidente do TCU;
16h30: Visita de cortesia à procuradora-geral da República, Raquel Dodge.
Segundo a assessoria, Boslonaro ficará em Brasília até a próxima quinta (22). Na capital, trabalhará no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), onde funciona o gabinete de transição.

Na quinta à noite, o presidente eleito e a mulher, Michelle, são aguardados na cerimônia de casamento do ministro da transição Onyx Lorenzoni, futuro chefe da Casa Civil. A festa acontecerá no Clube do Congresso, em Brasília.


NOSSO GRUPO NO WHATSAPP! Entre aqui!

Participe dos debates nos grupos!

Compartilhe essa notícia!